Caminhando até o pé da montanha, pra começar a subida da montanha já "ligado". É como se você tivesse que subir um prédio de mil andares PELAS ESCADAS e, pra chegar até o prédio, tivesse que passar por uma ladeira cascuda.
Você sobe, sobe, sobe, sobe, sobe sobe, sobe, sobe, sobe sobe, sobe, sobe, sobe sobe, sobe, sobe, sobe sobe, sobe, sobe, sobe sobe, sobe, sobe, sobe sobe, sobe, sobe, sobe sobe, sobe, sobe, sobe muito, mas muito mesmo. E não há atalhos do tipo copy/paste!!!
Uma paradinha no meio do caminho, pra tomar uma água. A trilha pra Fumaça é assim mesmo, as pedras parecem uma escada!
Bicho, uma caminhada de umas 3 horas, com 30 Kg nas costas não é para qualquer um, você tem que estar muito afim mesmo de ver o precipício de 450 metros. Eu recomendo, a vista de lá é incrível!
Pegando um Sol maravilhoso!!! Putz, lá em cima, depois de descansada, é maravilhoso. São lugares como este que te provam a existência de Deus, e confirmam que Ele é um artista. É uma experiência e tanto perceber uma certa Presença nos detalhes, como se você lesse nas entrelinhas a Mão de alguém de uma outra realidade.
Acima, depois de ter sido empurrada "simpaticamente" nas "Rodas". As "Rodas" é uma cachoeira com um rio/lago ótimo pra mergulhar, a parte da água que fica na sombra é deliciosamente gelada e você sai de lá com os póros pulsando!
Tudo o que sobe, tem que descer. Esta aí sou eu pulando a Cachoeira da Fumaça. Pfffttt, brincadeirinha, se você acreditou é porque não prestou atenção quando eu falei a altura da queda d´água. Enfim, na verdade esta sou eu pulando uma das cachoeras do vale do Capão, não me lembro agora qual era.
 
.. se você chegou a esta tela e não vê o menu de navegação no alto, clique no botão ao lado para abrir o site desde o princípio. >>